domingo, 19 de março de 2017

Akira Club. Revisitando Neo-Tokyo de Kaneda e Tetsuo.


O artbook que o Dissidência Pop vai apresentar aos seu caros leitores é algo que muito provavelmente vai mexer com a maioria de vocês, o artbook de Akira, o clássico cyberpunk de Katsuhiro Otomo de 1988. Difícil achar uma pessoa que nunca tenha ouvido falar de Akira. Mesmo que alguém nunca tenha assistido o filme, a fama de Akira ultrapassa quase todos os limites, sendo uma obra cultuada até mesmo fora do nicho otaku, sendo reconhecida a nível mundial.

terça-feira, 7 de março de 2017

Angel Oil. O conto de fadas cyberpunk de Tatsuyuki Tanaka.


Alguém de vocês conhecem Tatsuyuki Tanaka? Se não, saibam que ele é um dos mais renomados ilustradores e animadores do Japão. Ele ficou reconhecido depois de animar magistralmente a cena de mutação do braço de Tetsuo, em Akira. O estilo cyberpunk de suas ilustrações é inconfundível, onde robôs e humanos dividem ambientes decadentes. O mangá que vou falar hoje é um ótimo exemplo da sofisticada arte de Tatsuyuki Tanaka. Angel Oil, uma espécie de Alice no País das Maravilha steampunk, é uma obra curta, mas possui o suficiente para apreciar uma arte de primeira. 

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Debate. A Filmografia de Makoto Shinkai


O Dissidência Pop, representado por mim, Gato de Ulthar, participou de um artigo coletivo fruto de uma discussão entre alguns amigos da blogosfera animística, o objetivo foi discutir sobre o que pensamos da filmografia de Makoto Shinkai, que foi um dos nomes mais comentados de 2016, com o seu filme Kimi no Na Wa, que quebrou muitos recordes, inclusive o de bilheteria no Japão. 

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

[Muito +18] The Art of Shintaro Kago. O cômico, o grotesco, e o kawaii.



O artbook do mês que vou apresentar no Dissidência Pop não é para qualquer um. Se você já leu o título do post e está familiarizado com a obra de Shintaro Kago já tem uma noção do que se trata. Caso contrário, saiba que o conteúdo que será mostrado abaixo não é recomendado para os fracos de estômago e aos muito sensíveis. Mesmo que a comicidade inerente na obra de Shintaro Kago amenize o aspecto grotesco de muitas das ilustrações, ainda é algo chocante. Neste artbook temos Shintaro Kago exercitando seu ero-guro na melhor forma possível, com direito a muitas meninas bonitas, coisas coloridas, sangue, tripas, tentáculos, vermes e outras coisas que prefiro não comentar!

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Undercurrent. Mergulhando fundo na solidão.


Hoje vocês lerão no Dissidência Pop um artigo sobre o mangá Undercurrent, de Tetsuya Toyoda. A obra começa quando Kanae Sekiguchi, proprietária da casa de banho Tsuki no Yu, luta para reabrir seu negócio depois do desaparecimento inexplicável de seu marido. Neste mangá vocês não encontraram lutas emocionantes, linhas de velocidade, erotismo e violência explícita, mas sim um drama maduro e sério, com uma boa exploração da questão do abandono e da solidão.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Kenichi Sonoda Artworks. Garotas e armas na arte do designer de Bubble Gum Crisis e Gunsmith Cats.



Agora é a vez do primeiro artbook de 2017 a ser apresentado no Dissidência Pop. Quem acompanha o Dissidência Pop sabe que mensalmente trago um pouco da arte de algum mangaká ou ilustrador, desta vez o homenageado é Kenichi Sonoda, ou Ken-Ichi Sonoda para quem preferir a grafia assim. Os mais novos não devem conhecê-lo muito já que seu período de maior destaque foram as décadas de oitenta e noventa, embora ele ainda esteja na ativa. Suas obras mais famosas são Gunsmith Cats, Bubblegum Crisis e a série Gall Force.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Legend of Black Heaven. O rock salvará o espaço!


O Dissidência Pop volta à ativa neste começo de 2017 comemorando a centésima postagem do blog, e para tanto falarei de um anime bastante interessante, perfeito para os apreciadores da música, especialmente o bom e velho Rock, o anime é Kachou Ouji: Hard Rock Save the Space, conhecido também como The Legend of Black Heaven. Como o nome permite sugerir, trata-se de um épico de ficção científica onde o elemento que salvará o planeta Terra é o Rock! Pode parecer uma comédia, e sim, é uma comédia, embora não nos padrões que estamos acostumados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...