terça-feira, 3 de novembro de 2015

JBC Anuncia o Lançamento de Adaptação em Mangá de Contos de H. P. Lovecraft.


Quem acompanha o blog sabe que não é comum eu divulgar notícias por aqui, mas creio ser necessário abrir uma exceção diante da importância desta notícia em particular (pelo menos para mim e para outros fãs de H. P. Lovecraft). Seria mais um anúncio corriqueiro de um mangá lançado no Brasil se não tratasse de uma adaptação da obra de H. P. Lovecraft!


Pra quem não sabe H. P. Lovecraft foi um dos maiores nomes do horror, criando uma espécie de terror único, o terror cósmico, alçando e abrangendo temas que nenhum outro autor de terror e mistério havia trabalhado de forma tão intensa, horrores cósmicos sem precedentes, criando uma mitologia própria que sobrevive até hoje nas mãos de artistas que se baseiam nas suas obras como o mangaká Junji Ito. É autor de clássicos como O Chamado de Chthulu e Nas Montanhas da Loucura. E este blogueiro que vos escreve é muitíssimo fã do dito autor.

O anúncio foi realizado por Cassius Medauar no podcast Henshin Online de número 55 em homenagem ao dia das bruxas, sendo o anúncio de número 35 da editora JBC neste ano. O mangá em questão se trata da obra H. P. Lovecraft: The Hound And Other Stories, adaptado e ilustrado por Gou Tanabe, em volume único. O mangá foi publicado em 2014 na revista Comic Walker, e é sabido que Gou Tanabe está adaptando mais contos de Lovecraft, como The Colour Out of Space. No referido mangá Gou Tanabe adapta três contos do mestre do terror cósmico, quais sejam: The Hound, The Temple e The Nameless City.



O que eu posso comentar sobre esta notícia em particular é que o mangá vem em boa hora, tanto para expandir a obra de Lovecraft como no sentido de que sempre é bom ver no Brasil mangás diferentes. Outro ponto é que os contos que foram adaptados neste mangá estão longe de serem os mais famosos de H. P. Lovecraft, sendo uma adaptação interessante e inovadora até pra quem já é familiarizado com os contos de H. P. Lovecraft. A arte de Gou Tanabe é bem feita e combina com o ambiente de mistério e horror que uma adaptação lovecraftiana merece.

Para mais Lovecraft no Blog não deixem de conferir o post sobre as referências lovecraftianas na franquia Digimon: Lovecraft e Digimon. Mais semelhanças que o esperado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...